| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Work with all your cloud files (Drive, Dropbox, and Slack and Gmail attachments) and documents (Google Docs, Sheets, and Notion) in one place. Try Dokkio (from the makers of PBworks) for free. Now available on the web, Mac, Windows, and as a Chrome extension!

View
 

Os 1ºs Povos da Península Ibérica

Page history last edited by maria joão gama 10 years, 4 months ago

 

História de Portugal  História Universal   

 

TEMAS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL
Os 1ºs povos da Península Ibérica

Dinastias e Reis de Portugal

Os reis de Portugal em verso 

Portugueses e  Viagens de Descoberta

A 1ª  República  
Portugueses na 1ª Guerra
Loucos anos 20 em Portugal
25 de Abril

Os Primeiros Habitantes da Península Ibérica 

Portugal e Espanha formam a Península Ibérica, onde se situam.

Há muitos séculos atrás, foram chegando à Península Ibérica diversos povos. O primeiro foi o Homem Primitivo, que vivia em grutas e cavernas, vestia-se com as peles dos animais e folhas e alimentava-se do que caçava, pescava e colhia da terra.

Eram povos nómadas que se deslocavam para procurar melhores condições e alimentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O clima da Península tornou-se mais seco e quente e as condições de vida melhoraram.

O homem primitivo abandonou as grutas e começou a cultivar os seus alimentos e a criar animais, passando a agricultor e pastor.

Passou a fixar-se num local, isto é, deixou de ser nómada e passou a ser sedentário.

Desenvolveu novos utensílios e novas actividades como a cerâmica, a cestaria...

Deixou vários vestígios da sua presença na Península como as pinturas rupestres e os monumentos fúnebres, as Antas ou Dólmenes, onde enterrava os seus mortos.

Apareceram então os primeiros povoados.

 

  Dólmen

 

Iberos, Celtas e Celtiberos

 

Povos de outras regiões começaram a chegar à Península Ibérica e aqui se instalaram. Os primeiros foram os Iberos, provavelmente vindos do Norte de África. Foi este povo que deu origem ao nome da Península Ibérica. Dedicavam-se ao cultivo da terra e à criação de animais. Viviam em tribos e já conheciam a escrita.

Mais tarde, chegaram os Celtas, vindos da Europa. Dedicavam-se à pastorícia e construiram povoados fortificados, no cimo dos montes, os Castros.

Os Castros eram casas redondas, feitas de pedra, com telhados feitos em colmo e sem janelas.

Da fusão entre estes dois povos resultaram os Celtiberos.

 

 

 

 

Fenícios, Gregos e Cartagineses

 

Os Fenícios vindos do Mediterrânio, dedicavam-se ao comércio. Vieram em busca das riquezas existentes na Penísula Ibérica, tais como o ouro, o ferro e a prata.

Eram bons navegadores e possuiam barcos poderosos para o comércio marítimo.

Os Fenícios trouxeram o alfabeto, os Gregos o uso da moeda e os Cartagineses a conservação dos alimentos através do sal.

Os Gregos e os Cartagineses estiveram pouco tempo na Península.

 

 Barco Fenício

 

Lusitanos

Os Lusitanos viviam num território situado entre os rios Douro e Tejo, a que chamavam Lusitânia.

Eram descendentes dos Celtiberos e também viviam em castros ou citânias. Uma das actividades principais deste povo era a pastoricia, mas também eram bons caçadores e valentes guerreiros.

Os Lusitanos eram chefiados por Viriato, grande guerreiro, que derrotaram os Romanos em muitas batalhas.

Como os Lusitanos viveram em grande parte parte do território que é hoje Portugal, ainda hoje os portugueses são chamados de lusitanos.

            

                                                                                     Estátua de Viriato em Viseu   

 

 

Os Primeiros Povos

Romanos

Os Romanos vindos de Itália, chegaram à Penímsula Ibérica com a intenção de levarem trigo, ferro e prata.

Durante quase dois séculos de lutas com os Lusitanos, conseguiram dominar o território. A sua presença na Península durou cerca de oito séculos, durante os quais os seus habitantes adoptaram a cultura romana. A este processo deu-se o nome de Romanização.

A presença dos romanos na Península foi muito importante pois introduziram aqui muitas inovações, como estradas, pontes, templos, teatros, aquedutos, que ainda hoje se podem observar em muitos locais de Portugal como Évora (templo de Diana); Chaves (ponte de Chaves); Conímbriga (ruinas de uma cidade romana); S. Pedro do Sul (termas); etc... Este povo trouxe também o artesanato, a sua moeda, a religião cristã e a sua língua, o latim, que deu origem à língua portuguesa.

Ruínas de Conímbriga   Templo de Diana – Évora

 

Primeiros Povos

Muçulmanos

Os Muçulmanos invadiram a Península Ibérica, no ano de 711 (século VIII), vindos do Norte de África.

Eram seguidores da religião Islâmica e por isso inimigos dos Cristãos. Vieram bem armados e em pouco tempo conquistaram quase todo o território Ibérico, à excepção das regiões montanhosas do Norte - as Astúrias.

Os muçulmanos eram também conhecidos por muitos outros nomes, tais como: árabes, mouros, infieis, berberes...

Os árabes deixaram muitos vestigios, principalmente no Sul de Portugal .

Introduziram na Península novas culturas como: alfarrobeira, amendoeira, figueira, laranjeira, limoeiro... Aperfeiçoaram técnicas de regadio como: azenha, chafariz, nora, açude... Desenvolveram o artesanato, a medicina, a geografia, a astronomia, a matemática... Enriqueceram o vocabulário introduzindo palavras como: aldeia, Algarve, Almada, algarismo, zero, azeitona, azeite, xarope...

Deixaram-nos interessantes heranças na construção de edificios em várias cidades e vilas, principalmente no Algarve: açoteias (casas co terraços) e as chaminés.

 

 

 E.B.1 Jorge Barradas - Turma do 4º C - Professora Isabel Moita

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.